TODOS TEM DEFEITOS




Essa é uma história muito interessante, pois muitas pessoas buscam a pessoa perfeita para se relacionar e por isso acabam sós. Pessoas perfeitas não existem.
Conta a história que durante a era glacial, muitos animais morriam por causa do frio.
Os porcos-espinhos, percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam e se protegiam mutuamente, mas os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos, justamente os que ofereciam mais calor. Por isso decidiram se afastar uns dos outros e voltaram a morrer congelados, então precisavam fazer uma escolha: ou desapareceriam da Terra ou aceitavam os espinhos dos companheiros. Com sabedoria, decidiram voltar a ficar juntos. Aprenderam assim a conviver com as pequenas feridas que a relação com uma pessoa muito próxima podia causar, já que o mais importante era o calor do outro. E assim sobreviveram...
Moral da História: "O melhor relacionamento não é aquele que une pessoas perfeitas, mas aquele onde cada um aprende a conviver com os defeitos do outro e consegue admirar suas qualidades". O importante na vida, não é o que temos e sim o que somos.
Essa ideia não vale somente para os relacionamentos amorosos, mas em todo tipo. Em nosso dia-a-dia temos aceitar os defeitos dos outros e torcer que aceitem os nossos para que nossa vida seja a melhor possível.

5 comentarios:

Jean Coelho disse...

Faz todo o sentido!! agente tem q aceitar cada um como realmente é!! legal o seu blog!! parabéns!!

Ric e Sofy disse...

Lindo! Amei esse conto! Afinal nada se consegue sem ceder ou sacrificar algo de nós...para podermos adaptar-nos aos outros e continuar a ser nós próprios! Isso é amor...

Beijinhos, passa pelo nosso blog!

Sofy

Ric e Sofy disse...

Espero que gostes :) Mais um beijinho*

http://www.youtube.com/watch?v=fQFelDgLx6k

Anônimo disse...

Convivemos com alguns defeitos do outro porque outras qualidades superam os mesmos.

Anônimo disse...

Adorei muito lindo, falar a real
Só e feliz quem aprender a conviver com os defeitos do outro.

Páginas

Últimas notícias e matérias especiais em saúde